Foliculite: Causas e Tratamentos

foliculite dermatologista rafaela

A foliculite é uma inflamação que se inicia nos folículos pilosos e pode ou não estar associada a infecções por bactérias ou fungos. As lesões de foliculite parecem-se com pequenas “espinhas” ou pústulas, porém seu aparecimento está associado ao local de saída dos pêlos e pode causar desconforto, pequena dor local e também coceira.
Se a foliculite for recorrente é melhor que se procure um dermatologista de confiança para o tratamento. Em casos de foliculite superficial a principal manifestação são pequenas bolhas de coloração amarelada e base avermelhada. Os casos mais graves são diagnosticados de acordo com a recorrência do quadro clínico associado a uma maior quantidade de inflamação, com nódulos endurecidos e maior dor local.
A foliculite pode aparecer em qualquer local do corpo acometido por pêlos, porém é mais comum em áreas de atrito como costas, braços e coxas ou que recebem constante agressão por lâminas de depilação, como é o caso da barba.

foliculite barba dermatologia

Tipos de foliculites mais comuns:
  • A foliculite de barba, apresentação comum de foliculite e que pode se tornar bastante incômoda principalmente para homens que precisam se barbear constantemente, está ligada ao atrito da pele com as lâminas de barbear e à irritação local do trauma junto com o crescimento do pêlo de forma desordenada.
  • A foliculite estafilocócica causa lesões avermelhadas e inflamação com pus, com lesões geralmente superficiais. É comum ocorrer no couro cabeludo e também nas extremidades dos braços e pernas. Indivíduos atópicos têm maior propensão a esses casos. O tratamento inclui evitar trauma na região afetada, higiene adequada, uso de pomadas ou cremes específicos e medidas preventivas de hidratação constante da pele.
  • O hordéolo ou terçol é um tipo de foliculite profunda localizada nos cílios e que costuma causar dor local e incômodo pelo inchaço das pálpebras. Compressas mornas com gaze e soro fisiológico costumam ser suficientes para o alívio dos sintomas, porém, se não houver melhora, um dermatologista ou um oftalmologista devem ser consultados.
  • A foliculite pitirospórica é muito comum em adolescentes e homens. Ela é causada por um fungo e as principais regiões em que costuma aparecer são tórax e costas. O sintoma mais comum nesse tipo de foliculite é a coceira constante no local das lesões.
foliculite tratamento

Para evitar a foliculite recomenda-se a manutenção da pele sempre limpa e seca. Lavar a pele com produtos antissépticos diariamente sem o acompanhamento de um dermatologista não faz bem, isso porque o produto mata as bactérias protetoras, além de causar ressecamento da pele. Na hora de fazer a barba, lubrifique sempre a pele com produtos adequados (espuma de barbear ou gel). Isso é importante para evitar cortes e, consequentemente, as inflamações no local. Após o ato de se barbear, aplique loções hidratantes e que não contenham álcool para evitar maior desconforto e piora do quadro.

foliculite causas

Dra. Rafaela Salvato
Dermatologista Florianópolis – Foliculite