Melasma: Sintomas e Tratamento

tratamento melasma florianopolis dermatologista


Melasma se caracteriza pelo aparecimento de manchas escuras na pele, principalmente no rosto, sendo também recorrentes nos braços e colos. A grande maioria dos pacientes são mulheres e está relacionado ao uso de anticoncepcionais, gravidez e exposição ao sol sem proteção adequada.Outros fatores decisivos para o aparecimento do melasma são a predisposição genética e o histórico familiar. A principal característica são manchas escuras ou acastanhadas, principalmente nas maçãs do rosto, testa, nariz, no buço, dentre outras partes.
É importante ressaltar que o aparecimento de tais manchas não está relacionado a depilação com cera ou uso de cosméticos, como muitos acreditam. O seu dermatologista avaliará as possíveis causas que determinaram o surgimento, de acordo com o seu histórico familiar, o uso de medicação contraceptiva, gravidez, etc.
tratamento melasma florianopolis dermatologista SC

Ao diagnosticar a presença de melasma, o dermatologista indicará os tratamentos mais adequados, além dos procedimentos de proteção, tais como o uso de filtro solar com proteção adequada, medicamentos tópicos e melhores técnicas para o clareamento. Não basta apenas clarear as manchas já instaladas, é preciso tomar atitudes de prevenção para que o pigmento não volte.
O primeiro passo é a fotoproteção, isto é, a proteção contra os raios solares. É de suma importância que o paciente utilize um bom filtro solar, com FPS 30 no mínimo. Na hora de escolher o seu filtro, leia o rótulo e procure por produtos que ofereçam proteção também contra os raios ultravioleta A e B, ele deve indicar UVA e UVB.

tratamento melasma florianopolis em dermatologista

Para ajudar na recuperação da auto-estima do paciente, são utilizados cremes com propósito de clareamento das manchas acastanhadas ou marrons do melasma. Os principais compostos são hidroquinona, ácido glicólico, ácido kójico e ácido azeláico. O uso deve ser feito de forma constante, como indicado pelo dermatologista, por meses ou anos.
Outro tratamento é o peeling, que ajuda a clarear a pele gradualmente e tem resultados geralmente melhores do que os cremes. Ainda são sugeridos os tratamentos a base de Laser e de Luz Intensa Pulsada (LIP), ambos são energia luminosa que atuam no clareamento.
Todos estes tratamentos mencionados aqui só podem ser realizados junto ao especialista, todo cuidado é necessário para que ao invés de clarear, tais tratamentos não gerem mais pigmentação ou comprometa de alguma forma a saúde do paciente. Assim que notar as primeiras manchas, procure o seu dermatologista e ele fará o diagnóstico do melasma.
Dra. Rafaela Salvato – Dermatologista