Toxina Botulínica: Vale a Pena Fazer?

botox florianopolis

A toxina botulínica tipo A comercializada é produzida laboratorialmente pela bactéria Clostridium botulinum e tem a capacidade de paralisar a musculatura onde é aplicada. Segundo estudos, é o procedimento estético mais realizado em consultórios no mundo. Na dermatologia, ela é utilizada principalmente com o intuito de diminuir a tensão na pele, suavizando rugas e linhas de expressão. Outros usos incluem o tratamento da hiperidrose (suor em excesso), o tratamento do sorriso gengival, dentre outros.
A primeira marca a comercializá-la para uso estético foi o Botox®, por isso é popularmente conhecida por esse nome, mas outras marcas também foram aprovadas pela ANVISA, como Dysport®, Prosigne® e Xeomin®. É importante saber se a toxina utilizada está liberada para tratamento, pois cada vez mais observa-se o uso de produtos similares que não se adequam às especificações de segurança e podem oferecer riscos de saúde à população.
Os locais de maior aplicação da toxina são nas rugas da testa, no espaço entre as sobrancelhas (glabela) e nos chamados pés de galinha (ao redor dos olhos). Quando se compara os resultados da toxina botulínica com os melhores cremes anti-rugas, entende-se porque o procedimento é tão popular e aclamado pelas brasileiras. No entanto, vale ressaltar: o procedimento deve ser avaliado e realizado apenas por um profissional habilitado, um médico dermatologista ou cirurgião plástico.
Quando injetamos a toxina nas linhas de expressão, ela bloqueia a transmissão de estímulos que partem dos neurônios para tais músculos e impede a contração muscular. Em outras palavras, você não franzirá mais a testa, por exemplo, quando estiver conversando e isso evitará não apenas a formação de linhas ali naquele local, mas de novas linhas também (efeito preventivo).
botox florianopolis

Não existe uma idade mínima pré-estabelecida para o início da aplicação. No entanto, seu uso é indicado para adultos e a primeira aplicação é recomendada quando as linhas de expressão começam a incomodar.
Ela é injetada por meio de uma agulha fina e a dor é geralmente bem suportada. Contudo, para pessoas com sensibilidade maior, pode ser indicada a aplicação de cremes anestésicos antes do procedimento.
Os cuidados após o procedimento incluem não se deitar por um período de 4 horas após a aplicação e evitar exercícios físicos por um período de 24 horas. Pequenos hematomas podem se formar após as injeções, mas em geral regridem em poucos dias e podem ser camuflados com maquiagem.
A contraindicação é para mulheres grávidas e que estão amamentando, portadores de doenças neuromusculares, coagulopatias graves, algumas doenças imunológicas e alergias ao produto. Os resultados podem ser contemplados entre o segundo e o quinto dia após a aplicação, com efeito máximo em torno de 15 dias. Os resultados duram de 4 a 6 meses, quando poderá ser feita nova aplicação.
Embora seja um tratamento relativamente seguro, deve-se respeitar o prazo mínimo entre as aplicações e sempre procurar um profissional habilitado e qualificado, ressaltando que o uso excessivo pode acarretar na perda exagerada da expressão ou na assimetria temporária do local afetado.
Dra. Rafaela SalvatoDermatologista em Florianópolis – Botox Florianópolis