Remoção de tatuagem a laser

A tatuagem fascina a humanidade há muitos séculos. A múmia mais antiga já descoberta, datada de 5.300 anos e preservada pelos Alpes entre a Áustria e a Itália, possuía nada menos que 57 tatuagens em seu corpo. Ao longo da história  ela já serviu de adornos para promover a beleza, marcar um determinado grupo a que pertence ou até mesmo ser um modo de punição. Gregos e romanos da antiguidade tatuavam os corpos de criminosos, escravos e alguns religiosos como uma maneira de identificá-los perante a sociedade. Desde o século passado, com o advento da caneta pigmentadora elétrica, mais e mais pessoas buscam a tatuagem como uma maneira de se expressarem. Cada tatuagem tem uma história, um por quê. Seja uma homenagem a alguém querido que vive ou que já se foi, um símbolo de fé, uma frase ou um nome, todas carregam um motivo único. Nos Estados Unidos, estima-se que cerca de 25% dos jovens fazem pelo menos uma tatuagem.

Não é surpresa, portanto, que com o passar dos anos, esses motivos que levam alguém a se tatuar também sofram mudanças e, com isso, os arrependimentos. Relacionamentos que se rompem, religiões que mudam, ídolos que decepcionam, empregos que exigem mudança de hábitos, diversas são as razões. A estimativa dessa vez é de que perto de 50% das pessoas com tatuagens gostariam de retirá-las em alguma época da vida. Com tantos números, é de se esperar que cada vez mais as pessoas busquem alternativas para retirar as tatuagens. Há alguns anos, as poucas opções disponíveis eram dermoabrasão (uma espécie de lixamento da pele) e cirurgia de remoção da pele tatuada com aplicação de enxerto. Contudo, mais recentemente, com o advento do laser e da terapia seletiva dos pigmentos, uma nova opção com menor dor e menor risco de sequelas trouxe esperança para o tratamento.

O laser atua fragmentando o pigmento da tatuagem, que depois é fagocitado pelas células de defesa do nosso organismo e eliminado. No entanto, como cada laser atua em um determinado alvo, nem todas as colorações conseguem ser destruídas. A cor preta e a cor azul escuro são as mais facilmente eliminadas. As cores vermelha e verde podem requerer um maior número de sessões e a azul claro, amarela e laranja são extremamente resistentes e ainda requerem novas tecnologias. Vários tipos de lasers podem ser usados para retirar tatuagens, mas a dificuldade está na preservação da pele envolvida. Os antigos aparelhos fragmentavam o pigmento, mas destruíam as células adjacentes, o que causava muita hipocromia (pele mais clara que o normal) e cicatrizes. Com maiores estudos, foi desenvolvida a tecnologia Q-switched, que trabalha com fototermólise seletiva. Isso significa que o laser é emitido em pulsos em nanosegundos, com uma potência alta e extremamente rápida, capaz de atingir o pigmento sem a destruição das células vizinhas. Essa nova tecnologia é que tornou o tratamento a laser uma melhor opção para quem quer remover sua tatuagem, com menor risco de sequelas.

As sessões são feitas uma vez por mês e o número de sessões varia de acordo com o tamanho da tatuagem, qual o tipo de pigmento utilizado, o tempo de cicatrização de cada um, etc. Por isso, se estiver pensando em fazer uma tatuagem, avalie bem se não pode se arrepender futuramente. Se já fez e está pensando em removê-la, procure um dermatologista e retire todas as suas dúvidas para saber se o tratamento é ideal para você.
Imagens via
X

Dra. Rafaela Salvato

Dermatologista em Florianópolis

Filiada ao Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina CREMESC sob n° 14.282, ao Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo CREMESP sob o n° 133.312 e registro de especialista (RQE) sob n° 10.934.

Especialização em Laser e procedimentos estéticos pela Harvard Medical School, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos da América, sob supervisão do Prof. Dr. Richard Rox Anderson...

Saiba mais

Clínica

Dermatologista em Florianópolis

Dermatologia Estética
Dermatologia Clínica
Laser

(48) 3225-4033

VISITE O SITE

Av Trompowsky, 291 Salas 403 e 404 – Torre 1
Medical Tower – Trompowsky Corporate
Centro – Florianópolis
Santa Catarina – Brasil