Transplante capilar

Uma famosa propaganda trazia um bordão que até hoje é muito repetido: “A minha voz continua a mesma, mas os meus cabelos…”. Essa frase serve para nos lembrar de que muitas coisas do nosso corpo serão as mesmas até que deixemos esse mundo. No entanto, outras coisas passarão por grandes transformações. E uma delas é o cabelo.

Quase todos nascemos carecas. Claro, há casos de alguns bebês que já nascem cabeludinhos, chamando a atenção nas maternidades. E conforme crescemos nosso cabelo vai mudando. Até os sete anos ele possui uma constituição. A partir dos sete essa constituição do cabelo muda, permanecendo assim até os 14. Ou seja: é por isso que muitas crianças, por exemplo, passam a ter cabelo liso, apesar de terem cabelo crespo quando bem novas. E vice-versa. Até mesmo a cor e o volume do cabelo mudam.

A partir da adolescência e a descarga de muitos hormônios no corpo, o cabelo muda novamente. Vale lembrar que nosso cabelo está diretamente relacionado ao nosso humor. E como nosso humor determina também a produção e liberação de hormônios em nosso sangue, não é errado dizer que a saúde do nosso cabelo está relacionada ao nosso humor, ao nosso estado de espírito.

Alguns jovens, a partir dos 18 anos, já começam a apresentar queda de cabelo. E é sobre isso que iremos falar hoje: queda de cabelo e um possível tratamento, o transplante capilar. Se você já está pensando em transplante capilar, diminua um pouco sua ansiedade. O transplante capilar é indicado para pessoas que já passaram por outros tratamentos para cabelo, sem sucesso. Quando dizemos “outros tratamentos”, nos referimos ao tratamento para queda de cabelo, que apenas um médico dermatologista tricologista poderão recomendar a você.

Se você passou por esses tratamentos e não alcançou o resultado esperado, nossa dica é que comece a pensar em outras possibilidades. Discuta com seu médico todos os detalhes e pormenores do tratamento, porque apenas um profissional qualificado e credenciado poderá indicar o melhor a você.

Transplante capilar Florianópolis

Resumidamente, podemos recomendar a você três fatores para se pensar em relação ao transplante capilar. Primeiro: prepare-se para um tratamento em longo prazo. Segundo: pense nas cicatrizes. Terceiro: veja o custo-benefício. Mesmo com o transplante capilar muitas pessoas não conseguem recuperar os fios perdidos. Analise tudo com calma e converse com seu médico.

dermatologista transplante capilar florianópolis

Rafaela Salvato Dermatologia, Dermatologista Trompowsky Corporate. Transplante capilar Florianópolis

X

Dra. Rafaela Salvato

Dermatologista em Florianópolis

Filiada ao Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina CREMESC sob n° 14.282, ao Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo CREMESP sob o n° 133.312 e registro de especialista (RQE) sob n° 10.934.

Especialização em Laser e procedimentos estéticos pela Harvard Medical School, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos da América, sob supervisão do Prof. Dr. Richard Rox Anderson...

Saiba mais

Clínica

Dermatologista em Florianópolis

Dermatologia Estética
Dermatologia Clínica
Laser

(48) 3225-4033

VISITE O SITE

Av Trompowsky, 291 Salas 403 e 404 – Torre 1
Medical Tower – Trompowsky Corporate
Centro – Florianópolis
Santa Catarina – Brasil