Tratamento Laser de CO2 Fracionado

laser de co2 fracionado rafaela salvato dermatologista

O laser de CO2 fracionado é mais um aliado ao combate às rugas e imperfeições da pele, pois promove uma reestruturação do tecido e estimula a produção de colágeno na pele. Os resultados podem ser notados já na primeira sessão, principalmente na sua eficiência em amenizar rugas finas e superficiais. Associado com outras técnicas de rejuvenescimento promove uma pele com melhor textura, maior viço e firme por mais tempo.
Como age o laser de Co2 fracionado?

laser de co2 fracionado dra rafaela salvato

A ação do laser gera uma intensidade de calor superior a 60° C, que em contato com a pele faz com que a água presente entre as células evapore. Isso provoca uma reorganização do tecido, o que estimula a produção de colágeno, que é a molécula responsável pela sustentação, flexibilidade e rigidez da pele.
A ação fracionada remove seletivamente partes da epiderme (camada superficial) mantendo íntegra a região ao redor dos pontos superaquecidos, beneficiando toda a região e acelerando a recuperação de toda a pele, que se aproveita das informações genéticas e dos nutrientes dessas áreas intactas.
Ao reorganizar os tecidos e estimular a produção de colágeno, há um efeito regenerativo, restaurando a pele e amenizando rugas, flacidez, poros dilatados, manchas, cicatrizes e depressões na pele.

dermatologista florianópolis laser de co2 fracionado rafaela salvato dermatologista

Indicações de tratamento laser de CO2 fracionado
– Rugas estáticas e dinâmicas
– Flacidez da pele
– Cicatrizes de acne
– Poros dilatados
– Manchas Solares
– Estrias e cicatrizes em geral
Tempo de tratamento laser de CO2 fracionado
As sessões duram em média de 20 a 45 minutos dependendo da área a ser tratada, com resultados que costumam ser notados logo na primeira sessão. O número de sessões varia de pessoa para pessoa e de acordo com a indicação. O intervalo entre as sessões é de cerca de um mês.
Cicatrização laser de CO2 fracionado
Após a sessão a pele apresenta coloração avermelhada e um leve inchaço. A pele pode também apresentar leve ardência, que pode ser amenizada com compressas de água gelada ou água termal. Esses sintomas costumam aliviar nas primeiras 24 horas. Após esse período, passa a se formar uma camada fina (crosta) que ajudará na formação da nova camada, que descama em cerca de uma a duas semanas.
– Evitar a exposição solar por 15 dias.
– Use sempre filtro solar com proteção UVA e UVB, com fator de proteção solar no mínimo 30, para evitar o surgimento de manchas.
– Mantenha a região hidratada com produtos prescritos pelo dermatologista, como pomadas, cremes ou óleos específicos.
Contraindicações laser de CO2 fracionado
– Não é indicado para todos os tipos de pele. Peles mais escuras podem apresentar hiperpigmentação na cicatrização.
– Gestantes
– Pacientes com herpes em atividade
– Pacientes fotossensíveis
– Pacientes com doenças ligadas ao colágeno, como o lúpus.
– Tratamento com isotretinoína. Deve-se interromper sob orientação médica tratamentos com essa medicação e aguardar cerca de 2 meses após o término ou a pausa do tratamento para realizar a aplicação com o laser.
– Lesão pigmentada suspeita no local da aplicação
– Pacientes com histórico de problemas de cicatrização
– Pacientes suscetíveis a formação de quelóides
Dra. Rafaela Salvato – Dermatologista em Florianópolis SC – Laser de CO2 fracionado